filmesp_the_french_scorsese_o_cinema_de_jacques_audiard

The French Scorsese – O Cinema de Jacques Audiard

O diretor e roteirista francês Jacques Audiard é uma figura a ser vista de perto, desde metade dos anos 90 ele vem produzindo filmes originais com ênfase na narrativa

 

Jacques Audiard é vencedor da Palma de Ouro, Grand Prix e César de Melhor Filme, é conhecido por seus filmes de gangster, romances e western, sendo chamado diversas vezes como o “Scorcese Francês” este é um dos poucos diretores que consegem fazer filmes para a larga audiência e para os festivais, ao mesmo tempo.

 

Sua maior obra, “O Profeta” de 2009, denuncia o sistema carcerário francês e já está entre os melhores filmes do sec 21. Seu ultimo lançamento foi em 2018 com o filme “Os irmãos Sisters (The Sisters Brothers)”, uma comédia policial ambientada no Velho Oeste em 1850 e conta em seu elenco John C. Reilly, Joaquin Phoenix e Jake Gyllenhaal.

 

O Centro Cultural São Paulo exibe algumas de suas obras para que o público possa conhecer um pouco mais deste grande diretor, montador e roteirista.

 

The French Scorsese – O Cinema de Jacques Audiard

Quando: de 16 – 21.04
Quanto: 2$ com retirada de ingresso com 1h de antecedência
Onde: CCSP – Sala Lima Barreto (99 lugares)
Site: The French Scorsese – o Cinema de Jacques Audiard

 

Programação_O Cinema de Jacques Audiard

 

16.04 – terça
16h O Profeta
19h Ferrugem e Osso

 

17.04 – quarta
15h Ferrugem e Osso
17h O Declínio dos Homens
19h30 O Profeta

 

18.04 – quinta
15h Dheepan – O Refúgio
17h De Tanto Bater Meu Coração Parou
20h Ferrugem e Osso

 

19.04 – sexta
15h Um Herói Muito Discreto
17h30 Sobre Meus Lábios
20h O Declínio dos Homens

 

20.04 – sábado
15h De Tanto Bater Meu Coração Parou
17h O Profeta
20h Dheepan – O Refúgio

 

21.04 – domingo
15h Um Herói Muito Discreto
20h Os Irmãos Sisters

 

Sinopse

 

De Tanto Bater, Meu Coração Parou
(De battre mon coeur s’est arrêté, dir. Jacques Audiard, França, 2005, 107min, DCP, 16 anos)
Thomas Seyr é um homem de 28 anos que parece destinado a seguir os passos de seu pai no imoral, e às vezes brutal, mercado de negócios imobiliários. Entretanto uma oportunidade inesperada o faz acreditar que possa se tornar um grande pianista, assim como foi sua mãe. Dedicado, ele começa a se preparar para uma audição com uma virtuose chinesa que não fala nada de francês. Porém as pressões de seu trabalho diário logo se mostram mais pesadas do que poderia suportar.

 

O Declínio dos Homens
(Regarde les Hommes Tomber, dir. Jacques Audiard, França, 1994, 90min, DVD, 16 anos)
Duas histórias paralelas se cruzam de maneira inesperada. De um lado, o cinquentão Simon dá novo sentido à sua vida quando decide vingar o assassinato do amigo Mickey. De outro, a estranha relação entre Marx, jogador inveterado, e Johnny, um amigo que o segue aonde for, sempre disposto a fazer absolutamente tudo o que ele pedir.

 

Dheepan – O refúgio
(Dheepan, dir. Jacques Audiard, França, 2015, 115min, DCP, 14 anos)
Dheepan , Yalini e a pequena Illayaal assumem identidades falsas para fugir do Sri Lanka, seu país natal, que está em guerra. Eles não se conhecem e, diante da iniciativa, precisam conviver como se fossem uma família verdadeira para chegar à França. Sem conhecer a língua local, Dheepan consegue emprego como zelador em um condomínio de classe baixa, enquanto Yalini passa a trabalhar como empregada doméstica de um idoso com problemas de saúde.

 

Ferrugem e osso
(De rouille et d’os, dir. Jacques Audiard, França, 2013, 120min, DCP, 14 anos)
Alain está desempregado e vive com o filho de apenas cinco anos. Ele parte para a casa da irmã em busca de ajuda e logo consegue um emprego como segurança de boate. Um dia, ao apartar uma confusão, ele conhece Stéphanie, uma bela treinadora de orcas que, pouco tempo depois, sofre um grave acidente que muda sua vida para sempre.

 

Os irmãos Sisters
(The Sisters Brothers, dir. Jacques Audiard, EUA, 2018, 121min, DCP, 14 anos)
Eli e Charlie Sisters são dois pistoleiros que recebem a missão de capturar e eliminar Hermann Kermit Warm, um explorador de minas de ouro. No entanto, Eli começa a passar por uma crise de consciência. Para se salvar, Hermann pode se aproveitar dessa fraqueza momentânea e oferecer um acordo melhor para os irmãos.

 

O profeta
(Un prophète, França, dir. Jacques Audiard, 2010, 145min, DCP, 16 anos)
Malik El Djebena foi condenado a seis anos de prisão. De aparência frágil e com apenas 19 anos, ele chega à penitenciária e logo recebe uma série de missões a serem cumpridas, ordenadas por César Luciani, o líder de uma facção. Aos poucos conquista a confiança de todos, a qual usa para pôr em ação um plano.

 

Sobre meus lábios
(Sur mes lèvres, França, dir. Jacques Audiard, 2001, 115min, 35mm, 16 anos)
Carla é uma secretária exemplar que sofre bullying dos colegas por ser deficiente auditiva. Cansada de ser humilhada, ela contrata um ex-presidiário inexperiente como estagiário e planeja usar suas habilidades criminosas.

 

Um herói muito discreto
(Un héros très discret, dir. Jacques Audiard, França, 1997, 107min, 35mm, 16 anos)
Na França, após a Segunda Guerra Mundial, Albert Dehousse descobre que seu pai não foi um herói de guerra e que sua mãe é uma colaboradora. Ele abandona sua esposa e vai até Paris, onde, aos poucos, se envolve com o movimento de resistência.

 


CCSP – Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro 1000 – CEP 01504-000 tel 3397 4002 – Paraíso São Paulo – SP

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.